atendimento559141-7550

Notícias

Quarta-Feira, 10/06/2015

Clube da Irrigação aumenta em 12,7% produtividade das plantações de soja no Estado

Clube da Irrigação aumenta em 12,7% produtividade das plantações de soja no Estado

Durante o primeiro dia do III Encontro de Irrigantes por Aspersão do Rio Grande do Sul, realizado em Cruz Alta, o Clube da Irrigação apresentou os resultados obtidos pela entidade após o trabalho de manejo desenvolvido junto aos produtores associados. As plantações de soja (foto) tiveram, em média, incremento de produtividade de 12,7% na safra 2013/2014, enquanto as áreas de milho tiveram incremento de produtividade de 10,3% no mesmo período.

O professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Telmo Amado, ressaltou que os ganhos de lucratividade gerados pelo aumento da produção compensam os custos do manejo oferecidos pelo clube: manejo da cultura de inverno, revisão do sistema de irrigação, semeadura, avaliação da compactação do solo, e fertilização. A UFSM é uma das parceiras do Clube da Irrigação.

– É preciso enxergar o pivô 365 dias por ano, isto é, o papel que cada cultura vai desempenhar. Ás vezes você quer alta produtividade de milho e de soja, mas a produtividade começa a ser feita naquela cultura de cobertura que você está utilizando – ressalta Amado.

Um dos produtores presentes no evento, o engenheiro agrônomo Udo Strobel é associado há três anos, e já conseguiu comparar os benefícios das tecnologias e produtos oferecidos pelo Clube. Segundo Strobel, na safra 2013/2014, a área da propriedade irrigada pelo pivô fornecido pelo clube gerou 239 sacos de milho por hectare, enquanto o pivô que vinha sendo manejado pelo produtor resultou em 220 sacos por hectare.

 – É claro que o produtor sempre busca coisas novas, mas o clube consegue trazer tecnologias mais aprimoradas – observa Strobel.

O presidente do Clube da Irrigação, João Telles, reforçou que o objetivo da entidade é trazer tecnologias e novidades para serem oferecidas aos produtores rurais.

– As médias gerais dos pivôs estão aumentando depois das nossas intervenções. Grande parte dos alimentos e da produção virão da irrigação – observa Telles.

Sobre o Clube da Irrigação - Criado em 2010 por iniciativa da Comissão de Irrigantes da FARSUL - Federação de Agricultura do Rio Grande do Sul, da Dekalb, divisão de sementes de milho do grupo Monsanto, UFSM, Universidade Federal de Santa Maria, Stara e Fockink o Clube da Irrigação tem por objetivo oferecer aos produtores rurais irrigantes um conjunto de ferramentas que possibilitem aumentar a eficiência no campo com sustentabilidade, visando ao aumento da produtividade. Hoje além das fundadoras, o clube conta com as empresas Bayer, Intacta, Mosaic e Roundup Plus.

Outras Notícias

1 2 3 4 5