atendimento559141-7550

Notícias

Segunda-Feira, 31/08/2015

Clube da Irrigação marca presença na 38ª Expointer

Clube da Irrigação marca presença na 38ª Expointer

Visando sempre trazer informações importantes para os produtores irrigantes do Rio Grande do Sul, o Clube da Irrigação está presente pela primeira vez com um estande próprio na 38ª Expointer, em Esteio, que teve início no último dia 29 e vai até o dia 6 de setembro. No espaço do Clube, que está localizado no Pavilhão Internacional do Parque Assis Brasil, há a representação de uma lavoura de soja considerada ideal. A propriedade conta com uma irrigação do tipo pivô central, que tem a capacidade de irrigar toda a lavoura e também a pastagem (foto).

A representação da lavoura de soja conta também com um Refúgio, que é uma ferramenta essencial para preservar os benefícios da tecnologia Intacta RR2 Pro por dificultar a seleção de insetos resistentes. Para isso, o produtor deve plantar soja sem a tecnologia em, no mínimo, 20% da área total de soja a uma distância máxima de 800 metros das áreas plantadas com a tecnologia.

Uma cabine simuladora do primeiro pulverizador autopropelido do mundo com bases centrais – o Imperador, da Stara – também está presente no estande do Clube da Irrigação.  As barras centrais garantem maior estabilidade para a pulverização em condições atípicas, permitindo a realização de aplicações em até 32km/h.

No espaço também há um “chimarródromo”. A água quente para o chimarrão é disponibilizada de forma gratuita para os visitantes do estande do Clube da Irrigação.

Sobre o Clube da Irrigação

O Clube da Irrigação foi criado em 2010 por iniciativa da Comissão de Irrigantes da FARSUL – Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul – e da Dekalb, divisão de sementes de milho do grupo Monsanto. A necessidade de se obter informações técnicas e econômicas sobre o manejo e a eficiência das novas tecnologias existentes no mercado como agricultura de precisão, genética de sementes, manejo de sistemas e irrigação para o aumento da produtividade com sustentabilidade motivou a busca de parceiros como as empresas Stara e Fockink, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RS).

Nos primeiros anos foram implantadas áreas experimentais cultivadas com milho e irrigadas com pivô central em propriedades rurais na metade norte do Estado, onde foram obtidos picos de produtividade de até 280 sacos/ha. Devido à repercussão positiva das ações do Clube da Irrigação e a ampliação da área de atuação para diferentes culturas, em 2013 juntaram-se ao time as empresas Mosaic, Intacta RR2 Pro e Sistema Roundup Ready Plus, trazendo novas tecnologias e lançando novos desafios, em 2014 o Clube passou a contar com a Bayer CropScience e em 2015 com a empresa Falker.

O objetivo é oferecer aos produtores rurais irrigantes um conjunto de ferramentas que possibilitem aumentar a eficiência no campo com sustentabilidade. Isso é feito através do aprimoramento das práticas já existentes e da adoção de novas tecnologias visando o aumento da produtividade em áreas irrigadas, o aprimoramento técnico constante e a difusão do conhecimento através da troca de experiências.

Outras Notícias

1 2 3 4 5